Dicas para um natal descansado com os seus animais de estimação

36525
1
Share:

Caminhamos a passos largos para o Natal, a altura do ano em que o convívio, as prendas e as guloseimas fazem parte da ordem do dia. O que é uma boa altura para nós humanos, pode ser um pesadelo para os nossos animais, se não tomarmos as respectivas precauções.

No Natal os nossos companheiros de quatro patas têm acesso a tudo o que está na árvore de natal, desde as fitas dos presentes (muito perigosas no caso dos gatos e não só), a outro tipo de embrulhos. Os doces também apresentam algum risco uma vez que o chocolate, tóxico para cães e gatos, pode provocar vómitos, diarreia e caso seja comido em grandes quantidades – a morte.

Nas próximas linhas damos-lhe alguns conselhos para um natal totalmente descansado:

1. Tenha cuidado com as comidas que podem ser venenosas para o seu animal. Desta lista fazem parte: – Bolos de chocolate, pudim, passas, licores, doces em geral, cebolas e alho, uvas, qualquer comida onde esteja presente o Xilitol (adoçante artificial) e bebidas alcoólicas.

2. Aconselhe a quem lhe der prendas a não colocar fitas nos embrulhos. Os gatos, em especial, têm a tendência de mastigar estas fitas, cortando-as e engolindo-as, sendo em muitos casos necessária uma cirurgia para as remover.

3. Cerfique-se que nas limpezas de preparação para o natal não deixa sem supervisão um balde com água e detergente. Os cães e até gatos, têm por vezes a tendência de irem beber água nestes recipientes.

4. Evite lírios e narcisos e certifique-se de que qualquer azevinho é mantido fora do alcance dos utilizadores.

5. Tome cuidado com as decorações de Natal, especialmente fitas e enfeites pelas razões que apresentámos acima.

6. Cubra ou esconda todos os cabos elétricos e varra todos os enfeites de vidro que se partam e que possam causar ferimentos se mastigados ou engolidos.

7. Não deixe pilhas espalhadas pelo chão, pois podem causar queimaduras químicas na boca, garganta e estômago no caso de serem mastigadas.

8. Evite a tentação de dar sobras ao seu animal. Estas podem ser particularmente gordurosas durante o Natal e causar vómitos ou diarreia no seu animal de estimação.

9. Nunca dê ossos cozidos, particularmente de aves ao seu animal. Estes podem facilmente partir-se, causando sangramentos internos ou ficarem alojados causando bloqueios.

Embora possam parecer muitas regras, a maioria delas são senso comum. Também é importante garantir que há sempre uma abundância de água potável disponível e que o seu companheiro de quatro patas tem sempre um cantinho para poder estar sossegado. Os nossos animais de estimação podem ficar ansiosos com todo o movimento em casa durante o Natal e o respectivo fluxo de visitantes.

Share:

Deixe uma resposta