Juntar o seu gato com outro animal

39150
0
Share:

Se já tem um gato em casa, e pretende adoptar outro companheiro, existem alguns factores importantes a ter em conta. Os gatos, como os felinos em geral, são animais extremamente territoriais, e por isso, a integração mesmo com animais da mesma raça, obedece a algumas regras que pelo menos irão simplificar este processo.

Aqueles que desde muito cedo foram habituados a conviver com outros animais, terão claramente menos problemas, do que aqueles que nunca se acostumaram a uma vivência em grupo. Enquanto que os primeiros se irão habituar rapidamente ao novo inquilino, aqueles acostumados a uma vida mais solitária irão passar por um processo de adaptação que será mais ou menos lento.

O que é muito importante, é que o seu dono supervisione sempre os primeiros encontros e nunca deixe, numa fase inicial, os dois gatos juntos e sozinhos em casa. Quando tiver necessidade de sair, feche o novo gato num quarto com água e comida e também um pequeno caixote para as necessidades. Desta forma, o novo gato irá fazer desse quarto o seu novo território, e o inquilino mais antigo não sentirá as suas terras ameaçadas.

Um bom truque é deixar que eles se possam ver, por exemplo, através de um vidro, ou algo que os separe, mas sem terem propriamente acesso um ao outro. Desta forma irão habituar-se ao cheiro e à presença de outro animal. Durante este processo poderá ir dando a cada um deles, algumas guloseimas, não só para os distrair mas para que eles possam associar o seu encontro, a algo positivo.

Existe outro truque que é fazer festas a um dos animais sem o outro estar a ver, e logo a seguir ir fazer festas no outro gato. Desta forma eles irão começar-se a habituar aos cheiros um do outro.

Quando começar a notar que eles já não demonstram demasiado stress, ou um comportamento agressivo, será a altura ideal para os juntar. Mas lembre-se, sempre sob supervisão.

Share:

Leave a reply